Quinta, 06 de Maio de 2021
14981559897
Política ELEIÇÕES

Paulo André é obrigado pela justiça a dar direito de resposta a João Carlos mais uma vez

Já é a segunda vez que a Justiça Eleitoral entente como mentira as informações passadas pelo candidato a prefeito Paulo André Faneco em programa de rádio contra o candidato a reeleição João Carlos dos Santos.

06/11/2020 08h20 Atualizada há 6 meses
Por: Da Redação Fonte: Garça em Foco
Paulo André é obrigado pela justiça a dar direito de resposta a João Carlos mais uma vez

Novamente, a justiça considerou como mentira as informações passadas no programa eleitoral em emissoras de rádio do candidato a prefeito Paulo André, e ele teve que ceder mais uma vez o seu próprio tempo para o direito de resposta ao candidato a reeleição a prefeito João Carlos.

Dessa vez as informações falsas passadas pelo candidato do PSDB são em relação ao IAPEN, onde ele afirmou que o prefeito aplicou um calote milionário.

Calote significa dívida não paga, ou contraída por quem não tinha a intenção de pagá-la. E, segundo a defesa do prefeito apresentado à juíza eleitoral, não foi isso que aconteceu.

De acordo com a sentença, a verdade é que a Prefeitura se enquadrou na Lei Federal 173, ou seja, uma postergação da contribuição previdenciária que o Governo Federal permitiu aos Prefeitos municipais por conta da pandemia.

A justiça eleitoral sempre pode ser acionada quando há informações passadas de forma incorreta e que possam confundir os eleitores. Nela se tem a garantia da preservação da verdade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.