Quarta, 02 de Dezembro de 2020
14981559897
Geral ENSINO SUPERIOR

Pesquisa da Fatec aponta índice de empregabilidade dos estudantes

Pesquisas também revelam que após o término do curso, tecnólogo consegue emprego mais rápido

19/10/2020 08h12 Atualizada há 1 mês
211
Por: Francisco Alves Neto Fonte: Da redação
Pesquisa da Fatec aponta índice de empregabilidade dos estudantes

 

Desde o ano de 2018 a Fatec (Faculdade de Tecnologia) de Garça vem realizando sua pesquisa de empregabilidade para obter as informações sobre o trabalho dos alunos e ex-alunos. Estes dados são utilizados pela instituição para o seu PDI (Plano de Desenvolvimento Institucional). Em seu primeiro ano, a instituição conseguiu um total de 477 participantes. No segundo ano (2019), a pesquisa abrangeu 827 universitários. Através da análise dos dados, foi possível identificar algumas informações importantes.

De acordo com o levantamento, 72,3% dos alunos da Fatec que participaram da pesquisa ano passado estavam trabalhando, e a maioria dos empregados cursavam o curso de Gestão Empresarial (39,5%), seguidos pelos alunos de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (36%). O terceiro lugar é ocupado pelos estudantes do curso de Tecnologia em Mecatrônica (22,4%).

A amostra também apontou os tipos de empregos que os fatecanos exerciam na ocasião. Verificou-se que 88,3% são alunos que trabalham já com registro efetivo e 11,7% estão fazendo estágio nas empresas. No ano de 2020 a pesquisa ainda está em andamento e deve dar um novo panorama da empregabilidade dos estudantes dos cursos de tecnologia oferecidos pela Fatec de Garça.

BOAS PERSPECTIVAS

 

Muito embora grande parte dos alunos da Faculdade de Tecnologia de Garça estejam trabalhando, as perspectivas são boas para aqueles que estão desempregados, uma vez que pesquisas comprovam que os tecnólogos são absorvidos rapidamente pelo mercado de trabalho logo após a conclusão do curso.  Mais rápidos e específicos, os cursos de tecnologia registram alto índice de empregabilidade. Conforme pesquisa da Fatec realizada em 2918, 93% dos alunos começam a trabalhar durante ou até um ano após a conclusão do curso. Destes, 70% trabalham na área em que se graduaram. O salário médio dos recém-formados é de quatro salários mínimos. Após um ano de formado, a média sobe para 5,5 salários mínimos.