Domingo, 25 de Outubro de 2020
14981559897
Geral RACIONAMENTO

Seca: cidades do interior paulista fazem racionamento de água; Garça emite nota oficial

Estiagem que atinge o interior paulista está secando rios e córregos e obrigando vários municípios a adotarem o racionamento de água. Toda a região de Marília está sendo afetada e Garça emite nota oficial sobre o assunto.

05/10/2020 17h04 Atualizada há 3 semanas
646
Por: Da Redação Fonte: Garça em Foco
Seca: cidades do interior paulista fazem racionamento de água; Garça emite nota oficial

A severa estiagem que atinge o interior paulista há mais de 100 dias está secando rios e córregos e obrigando municípios a adotarem racionamento de água. A estiagem também baixou a vazão de várias nascentes e córregos. A régua que mede o nível de água do Rio Turvo, um dos principais rios do interior de São Paulo, já chegou à zero. No córrego Barra Grande, afluente do Rio Preto, o nível também recuou. Garça e região também sofrem com o problema.

O Prefeito de Marília emitiu um vídeo nas redes sociais destacando o problema na cidade e pedindo auxílio da população. Bauru, Vera Cruz, Lupércio e Jaú também relataram problemas nos últimos dias.

Em São José do Rio Preto, a falta de chuva fez pelo menos 80 mil moradores enfrentarem racionamento de água. A situação está obrigando comerciantes a se adaptarem para continuar atendendo os clientes. Sorocaba também enfrenta o mesmo problema e pelo menos 50 mil moradores são afetados diariamente pela medida. Em Salto de Pirapora, o nível da água de uma pedreira abaixou, revelando 15 casos carros e uma moto que estavam submersos, como mostrou a portal Garça em Foco recentemente.

Já em Garça, segundo nota oficial emitida pela Prefeitura, os investimentos nestes últimos três anos aconteceram e contribuíram para que não houvesse um impacto ainda maior em um período como este. Além da recuperação do principal reservatório de 4 milhões e 800 mil litros, a capacidade de reserva de água foi aumentada com novos quatro reservatórios e a substituição da rede distribuidora de água, que gerou uma redução no vazamento de água tratada em mais de 20%.

As obras para a perfuração de um poço profundo devem começar nos próximos dias, já que o edital foi lançado dia 26/05/2020, antes mesmo da crise hídrica no interior, e neste momento a tramitação está em fase final.     

Desde domingo caminhões pipas estão sendo direcionados para os bairros mais altos da cidade, como Morada do Sol, Jardim Brasil, Jardim Imperador, entre outros. As escolas do município também servirão de pontos de abastecimento emergencial aos moradores, utilizando a água reservada nas caixas de cada unidade escolar. A relação das escolas está sendo divulgada para a população. 

Ainda segundo comunicado oficial, o SAAE está realizando desde sexta-feira (02) manobras nos registros das redes de água a fim de tentar recuperar a capacidade dos reservatórios e conseguir um abastecimento uniforme para todos os pontos da cidade.