Segunda, 26 de Outubro de 2020
14981559897
Geral PRIMEIRA MÃO

Prefeito João Carlos exonera diretor da Cozinha Piloto de Garça

Após problemas graves com descarte de alimentos, responsável pela cozinha piloto é exonerado do cargo pelo Prefeito de Garça. Ex-secretária da saúde assume a função.

01/10/2020 11h41 Atualizada há 3 semanas
1.725
Por: Da Redação Fonte: Garça em Foco
Prefeito João Carlos exonera diretor da Cozinha Piloto de Garça

Após anunciar abertura de sindicância para apurar o encontro e descarte de alimentos da merenda escolar sob responsabilidade da Cozinha Piloto, o prefeito João Carlos dos Santos decidiu exonerar o responsável pelo Departamento de Alimentação Escolar, Wagner Alexandre dos Santos.

De acordo com o que foi publicado pelo Diário Oficial Eletrônico de Garça nesta quinta-feira (01), o departamento de recursos humanos da Prefeitura solicita, inclusive, a declaração de bens do servidor exonerado.

Ele é servidor público municipal concursado, mas nos últimos anos vinha ocupando a pasta considerada de confiança. Sua situação à frente do cargo ficou comprometida logo que surgiram as primeiras denúncias de descarte de alimentos vencidos. Na ocasião, veículos da prefeitura foram flagrados depositando dezenas de quilos de produtos no aterro sanitário.

Indagados, os responsáveis alegaram que os mantimentos estavam contaminados em razão de uma invasão de ratos no local, o que por si só já é algo considerado preocupante. Porém a manutenção do diretor à frente da função ficou insustentável nos últimos dias, quando houve novo flagrante de cerca de 700 quilos de mantimentos vencidos, entre carnes e outros perecíveis, estocados no interior da Cozinha Piloto.

A perda de alimentos destinados à merenda ganhou grande repercussão. Alguns canais de TV mostraram imagens de alimentos embalados que foram perdidos e tiveram que ser descartados da Cozinha Piloto, cuja missão é justamente cuidar da preservação desses produtos, e não deixar que o fruto do dinheiro dos contribuintes não vá literalmente para o lixo.

Entendendo que houve, no mínimo, pouco zelo com o patrimônio público, o prefeito decidiu afastar o servidor pelo menos durante esse processo de sindicância que vai apurar as responsabilidades. Em seu lugar, assume Paula Mirala Guimarães de Lima, que foi secretária de saúde de Garça nos primeiros meses da gestão João Carlos, mas se retirou do cargo por questões pessoais.