Sexta, 24 de Setembro de 2021
27°

Poucas nuvens

Garça - SP

Dólar
R$ 5,34
Euro
R$ 6,26
Peso Arg.
R$ 0,05
Saúde PANDEMIA

Covid: mais de 70% dos garcenses já receberam a 1ª dose da vacina

No caso da segunda dose, a aplicação foi feita em mais de 40% dos munícipes

13/09/2021 às 06h37
Por: Francisco Alves Neto Fonte: Garça on line
Compartilhe:
Covid: mais de 70% dos garcenses já receberam a 1ª dose da vacina

Mais de 70% da população garcense recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19. No caso da segunda dose, a aplicação foi feita em mais de 40% dos munícipes que estão dentro dos grupos liberados para a vacinação.

De acordo com dados do governo paulista, até às 15 horas de quinta-feira, 9, foram aplicadas 51.747 doses dos imunizantes disponíveis (consórcio Covax Facility, a AstraZeneca, Pfizer, Janssen e Coronavac). Somente com a primeira dose estão vacinados 33.463 garcenses, o que equivale a 75,35% da população geral. Já com o esquema completo estão vacinados 18.284 garcenses (41,17% da população geral. Destes, 17.293 receberam as duas doses dos imunizantes e 991 foram vacinados com dose única.

Para o vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Garça (Acig), Mauro José de Sá, a vacinação em Garça acontece de forma satisfatória, e os índices mostram o quanto o quadro evoluiu.

“Estamos com mais de 40% de toda nossa população com o esquema completo, alguns tomaram as duas doses, outros tomaram a dose única. Estamos com 75% da população vacinada ao menos com uma dose. É claro que tudo isso reflete na economia e temos observado o otimismo que vem tomando conta dos comerciantes, dos empresários. O final do ano se aproxima e precisamos desse otimismo”, disse Mauro. 

O dirigente não esconde a preocupação com as variantes, diariamente anunciadas pelas mídias, uma vez que uma nova propagação de casos pode significar medidas mais restritivas. “Temos sim essa preocupação e, por isso devemos manter todas as medidas de distanciamento que temos implementado até o momento até termos 100% de imunização ou o controle total do vírus e dessas novas variantes que trazem tanta preocupação”, colocou ele.

Para o dirigente, a equação é fácil: vacinação, somada a medidas protetivas, é igual a redução de casos, que resulta em incremento da economia. 

“Temos a vacina, que é esperança para pôr fim nessa pandemia. Ficamos mais de um ano contabilizando dúvidas, medo, insegurança e retrocesso, mas as coisas estão melhorando”, frisou Mauro.

Ao finalizar ele salientou que medidas sanitárias e vacinação é o duo perfeito para a retomada da economia, e que todos são corresponsáveis por isso.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.