Sexta, 24 de Setembro de 2021
24°

Poucas nuvens

Garça - SP

Dólar
R$ 5,35
Euro
R$ 6,26
Peso Arg.
R$ 0,05
Geral LITERATURA

Garcense radicado na Inglaterra lança livro de contos

Há 16 anos longe do Brasil, Pietro Valentim diz que escrever, para ele, é não deixar a conexão com o seu país e a sua língua morrerem

13/09/2021 às 06h29
Por: Francisco Alves Neto Fonte: Da redação
Compartilhe:
Livro é a primeira obra do escritor garcense
Livro é a primeira obra do escritor garcense

Classificado como uma preciosidade, o livro Peripécias Peripatéticas escrito pelo garcense Rodrigo Pietro Valentim Moreira, acaba de ser lançado pela editora Kazuá. A obra é composta de uma série de contos do escritor de 44 anos, hoje radicado na Inglaterra. 

Há 16 anos longe do Brasil, Pietro Valentim diz que escrever, para ele, é não deixar a conexão com o seu país e a sua língua morrerem, mesmo que no momento ela se funda e se confunda com uma outra dentro do cérebro. “Deixar a língua portuguesa acesa dentro de mim é crucial para a preservação da minha identidade como brasileiro”, diz. 

Em sua apresentação da obra de 226 páginas, o autor define o livro como pequenos insights com pinceladas virginianas de fluxo de consciência, ou apenas observações aprendidas do dia a dia, em que algumas questões filosóficas e existenciais são abordadas. “Coincidentemente, foram captadas, na maior parte das vezes, dentro de um trem. O tempo, o relógio, o movimento, o trem, as frases curtas, os pequenos detalhes, o tempo verbal passado, a memória e a mistura de narradores estão presentes e muitas vezes interligados entre um conto e outro”, aponta.

Os textos, segundo o autor, são super despretensiosos e fáceis de ler. “A fácil leitura faz parte do meu processo de criação. Você pode absorver as entrelinhas ou simplesmente apreciar como uma simples história. Acho que todo mundo vai se identificar um pouco”, comenta. “A presença da mãe, de memórias de infância, a crise existencial, a relação entre Deus e o diabo, o pecado e o sagrado, o amor e o ódio, enfim, alguns dos temas universais estão também presentes e levam o leitor a se identificar com os fatos narrados”, acrescenta.

Peripécias Peripatéticas é a primeira obra do autor, voltada para um público de todas as idades. Pietro Valentim revela que a pandemia da Covid frustrou seus planos, e todas as noites de lançamento foram canceladas. Diante desse cenário, decidiu reverter sua obra para uma causa social. Uma parcela do que for arrecadado com a venda dos exemplares será destinada aos mais necessitados.  “Com a ajuda de vocês, vou conseguir ajudar muitas pessoas. Acho que é um motivo nobre para adquirir Peripécias Peripatéticas!”, incita o autor. 

O ESCRITOR 

Formado em tradução pela Universidade do Sagrado Coração (USC) de Bauru, e pós-graduado em Comunicação Social pela Faculdade Cásper Líbero em São Paulo, o garcense Pietro Valentim deu aula por dez anos entre Garça e São Paulo. Cursou o último ano de High School nos EUA, morou na Itália e hoje reside na Inglaterra. Trabalha em uma multinacional francesa. E, de um lugar para o outro, lá se vão quase 16 anos fora do Brasil. Entre algumas coisas que faz, as artes plásticas são uma de suas paixões. 

COMO ADQUIRIR 

O livro pode ser adquirido de qualquer lugar do mundo através do site da editora (www.editorakazua.net)  ao preço de R$ 62, mais despesas de postagem. Em Garça, a obra pode ser comprada diretamente no All Cópias, na rua Minas Gerais 97. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.