Sexta, 24 de Setembro de 2021
24°

Poucas nuvens

Garça - SP

Dólar
R$ 5,34
Euro
R$ 6,25
Peso Arg.
R$ 0,05
Geral JURI

Acusados de espancar brutalmente Narciso em Garça vão a júri popular

Lucas Eduardo Vitor, 21 anos, Cauan Henrique de Jesus de Souza, 19, e Breno Nunes de Souza, de 18, serão julgados. Sete jurados vão decidir o futuro deles.

02/09/2021 às 07h46 Atualizada em 02/09/2021 às 17h14
Por: Da Redação Fonte: Marília Notícia
Compartilhe:
Narciso foi brutalmente espancado (Foto: Arquivo Pessoal)
Narciso foi brutalmente espancado (Foto: Arquivo Pessoal)

Três acusados de tentativa de homicídio, pelo espancamento de Narciso dos Santos Silva Neto, de 24 anos, em Garça, com ação gravada por câmeras de segurança, serão submetidos a júri popular. A decisão é da juíza Renata Lima Ribeiro Raia, da 1ª Vara de Garça.

Em sentença de pronúncia – fase que antecede o julgamento -, a Justiça reconhece as evidências de autoria e de materialidade do crime para que Lucas Eduardo Vitor, 21 anos, Cauan Henrique de Jesus de Souza, 19, e Breno Nunes de Souza, de 18, sejam julgados. Sete jurados vão decidir o futuro deles. O juiz, nesse caso, aplica a lei e define a dosimetria da pena – tempo de prisão.

Os jovens respondem por tentar matar Narciso dos Santos Silva Neto, de 24 anos, com as qualificadoras de motivo fútil, meio cruel e ação mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.

O Ministério Público também acusa o trio de corrupção de menores, já que o espancamento envolveu adolescentes, que responderam por ato infracional, em processo na Vara da Infância e Juventude.

A juíza decidiu manter a prisão cautelar, para “preservação da ordem pública”.

Lucas, Cauan e Breno ainda podem recorrer da sentença de pronúncia [envio do caso a júri popular]. Caso o recurso não prospere, o fórum de Garça irá agendar a sessão de julgamento.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.