Sexta, 24 de Setembro de 2021
24°

Poucas nuvens

Garça - SP

Dólar
R$ 5,34
Euro
R$ 6,25
Peso Arg.
R$ 0,05
Geral PEDÁGIO

Ilhados: 31 moradores de Jafa pedem isenção de pedágio na Justiça

O pedido de liminar para suspensão imediata da cobrança diz que o pedido envolvem professores, comerciantes, comerciários com atividade profissional em Garça, Marília e Vera Cruz e ficaram “ilhados” pelo pedágio.

30/08/2021 às 09h36
Por: Da Redação Fonte: Giro Marília
Compartilhe:
Ilhados: 31 moradores de Jafa pedem isenção de pedágio na Justiça

Um grupo de 31 moradores do distrito de Jafa em Garça levou à Justiça um pedido para que a concessionária Eixo-SP isente cobrança de pedágio na praça recém inaugurada no km 426 da rodovia SP-294.

O pedido de liminar para suspensão imediata da cobrança diz que o pedido envolvem professores, comerciantes, comerciários com atividade profissional em Garça, Marília e Vera Cruz e ficaram “ilhados” pelo pedágio.

“O fato é que há muitas pessoas afetadas pela implantação da praça de pedágio dentro do perímetro urbano do município”, diz a ação.

O documento diz ainda que “a famigerada praça” foi instalada apesar das contestações e pedidos de mudanças apresentada na audiência pública que apresentou o projeto ainda na fase de licitação da rodovia.

“A fixação da praça do pedágio, no lugar em que foi erigida, fere vários princípios como: razoabilidade, proporcionalidade e alternatividade, Os autores necessitam diariamente se deslocar de seus sítios, chácaras e casas até Garça, Jafa, Vera Cruz, e Marília percorrendo menos de 15 kms na rodovia, não existindo via alternativa.”

O documento diz ainda que a rodovia é caminho para atividades rotineiras como escoar produção, pagar suas contas, fazer compras elevar filhos a escolas.

“Muitos dos Autores que são casados, possuindo cada qual, seu próprio veículo, que é utilizado para locomoção até o trabalho, todos desembolsam por dia, para cada veículo a importância de R$ 17,60.”

O pedido tramita na 1ª Vara de Garça e ainda não tem manifestação sobre o pedido de liminar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.