12°C 27°C
Garça, SP
Publicidade

Os garcenses nos jogos do Brasil nos Estados Unidos

Se a seleção entra em campo, tem torcida brasileira, isto em qualquer parte do planeta.  E se tem brasileiros, tem garcense no meio.

15/06/2024 às 09h34
Por: Francisco Alves Neto
Compartilhe:
A garcense Renata encontra o goleiro Tafarel, treinador de goleiros da Seleção
A garcense Renata encontra o goleiro Tafarel, treinador de goleiros da Seleção

A nova Seleção Brasileira vem realizando amistosos preparatórios para a Copa América de 2024 nos Estados Unidos. Nesta semana foram dois jogos: Brasil 3 x 2 México e Brasil 1 x 1 Estados Unidos. Se a seleção entra em campo, tem torcida brasileira, isto em qualquer parte do planeta.  E se tem brasileiros, tem garcense no meio.

No primeiro jogo no Kyle Field Stadium, na cidade de College Statiom, no Texas, a Renata Mariano Landers, juntamente com o marido Carson e a Susi, assistiram o Brasil ganhar do México, pelo placar de 3 a 2.  Um grande jogo de futebol para um público de 85.249 torcedores, no monumental campo inaugurado em 1905, que pela primeira vez foi aberto para o soccer, o nosso futebol.

Continua após a publicidade
Anúncio

Mas antes, a Renata teve a oportunidade de encontrar no hotel da Seleção o Celso de Rezende (foto), preparador físico da seleção brasileira. Como todos sabem, o Celsinho começou a carreira no Garça FC, no ano de 1986. E o Celsinho, sempre atencioso e solícito, conversou legal, recordando é claro, os bons tempos vividos em Garça.

De quebra e num golpe de sorte, a Renata encontrou o ex-goleiro Taffarel (foto), que faz parte da Comissão Técnica como treinador de goleiros. Na Copa de 1994, disputada no Estados Unidos, Taffarel foi tetra-campeão mundial defendendo o gol brasileiro.

A final contra a Itália foi dramática: empate em 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação. Na cobrança de penalidades máximas, Brasil 3 x 2 Itália. Quem não se lembra do famoso “bordão”, criado pelo ex-narrador Galvão Bueno: “Sai que é tua Taffarééééel”. A Renata está morando nos USA há seis anos. É casada com o Carson e já tem um garotinho, o Robert, um futuro torcedor do Santos.

Na última quarta-feira foi a vez do Sebastião Barbosa comparecer no Camping World Stadium em Orlando, na Flórida e prestigiar o Brasil (na foto ao lado de amigos). Já faz um bom tempo que o Tiaõzinho mora nos Estados Unidos, na cidade de Miami, mas não esquece jamais suas raízes em Garça. Desde os tempos que jogou futebol, nos tradicionais times da Casa Ipiranga, Fazenda São José dos Bonini, Ipiranga, Salec, Frigus e Flamengo no suíço, nos anos 1970/1980.

Para assistir o Brasil fez um “bate e volta” e acompanhou o empate em 1 a 1, junto com mais de 60 mil torcedores, no bonito e impecável estádio americano.  O Tiãozinho, que ainda joga futebol nos Estados Unidos, no time amador do São Paulo FC, vibrou bastante com a nova seleção brasileira. O empate não foi o que ele esperava, pois queria a vitória. Porém, como entendido do assunto, fez um comentário abalizado: “Aqui para as disputas da Copa América, os campos foram reduzidos, passando a ter 100 m x 64 cm, ou seja, 5 metros mais curto e 4 metros mais estreitos. Isto está dificultando equipes como o Brasil e Argentina, por exemplo, que tocam mais a bola, ajudando os times que marcam forte, num espaço mais pequeno”. Com certeza, Tiãozinho.

COPA AMÉRICA

A Copa América será disputada nos Estados Unidos, no período de 20 de junho à 14 de julho. No total serão 16 seleções, sendo 10 sul-americanas e mais seis da América do Norte, Central e Caribe. As seleções: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Perú, Uruguai, Venezuela, Costa Rica, Canadá, Panamá, México, Jamaica e Estados Unidos, o país sede. A última campeã foi a Argentina no ano de 2021, que derrotou na final, o Brasil por 1 a 0, em pleno “Maracanã”.

De outro lado, o Brasil já ganhou a Copa América 9 vezes. Está atrás da Argentina e do Uruguai com 15 conquistas. Paraguai, Chile e Peru, venceram 2 vezes, enquanto Colômbia e Bolívia uma única vez. Já o Equador e Venezuela nunca foram campeões.

De outro lado, o santista José Carlos de Oliveira nos perguntou dias atrás. O que estou achando da atual seleção brasileira, se vai ganhar a Copa América? De pronto, respondi: “A nossa seleção está numa completa reformulação, muitos jogadores jovens entrando. É a evolução natural no futebol, demora um tempo para entrosar. Mas torço para aparecer mais quatro Endricks, aí o Brasil lutará por títulos”.Foto

Foto

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Recordar é Viver
Sobre o blog/coluna
Ver notícias
Garça, SP
14°
Tempo limpo

Mín. 12° Máx. 27°

13° Sensação
2.4km/h Vento
40% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h56 Nascer do sol
05h53 Pôr do sol
Seg 30° 13°
Ter 30° 14°
Qua 30° 13°
Qui 31° 14°
Sex ° °
Atualizado às 23h03
Publicidade