15°C 30°C
Garça, SP
Publicidade

Abordagem policial em Oscar Bressane termina com morte de homem na zona rural

Briga com policiais terminou em morte de homem que parecia transtornado.

13/05/2024 às 08h13
Por: Redação Fonte: Marília Notícia
Compartilhe:
Abordagem policial em Oscar Bressane termina com morte de homem na zona rural

A Polícia Civil vai investigar as causas da morte do desempregado Ricardo Vilas Bôas, de 39 anos, durante uma ocorrência policial em Oscar Bressane. Ele teria reagido a uma abordagem da Polícia Militar na madrugada deste domingo (12), após suposta confusão entre moradores do pequeno município.

Nas redes sociais, ele se apresentava como DJ, gerente de chácara de lazer e vigilante de escolta. Ricardo com frequência convocava pessoas para festas na cidade e exibia equipamentos de som potentes.

Conforme a versão dos policiais, por volta das 5h, uma patrulha com dois soldados da PM foi parada por um trabalhador rural de 58 anos na rua Florêncio Navarro, próximo da praça central de Bressane.

Ele pediu ajuda dos policiais e disse ter sido vítima de tentativa de agressão. Segundo a queixa do morador, Ricardo Vilas Bôas estaria transtornado. Ainda conforme o relato, o homem tentou agredir o trabalhador rural e também outras pessoas.

Os policiais iniciaram buscas pela cidade e avançaram à zona rural pela vicinal do bairro da Cotia. Após buscas encontraram Vilas Bôas, que estava acompanhado de outro trabalhador rural, de 26 anos.

ABORDAGEM

A dupla, segundo a PM, recebeu ordem de parada. Os militares mandaram que os homens colocassem as mãos pra cima, mas Ricardo teria desobedecido e mantido uma das mãos ocultas, conforme a versão da PM. O outro rapaz, segundo a polícia, respeitou a determinação.

Persistindo em esconder a mão atrás do corpo, Vilas Bôas teria afirmado que tinha um pino de droga e lança perfume. Como o suspeito estaria andando para trás, um dos policiais disse ter se aproximado, mas Ricardo, conforme a versão da polícia, reagiu e tentou atacar o soldado.

O policial relatou ter desferido um soco contra o homem, para reduzir sua “capacidade combativa”. Vilas Bôas caiu, mas teria se levantado rapidamente e afirmado: “agora sou eu e você”, momento em que o outro soldado PM também precisou intervir.

MORTE

Os policiais relataram tentativa de retirada da arma, pelo suspeito, que também teria tentado correr, mas acabou sendo contido. Em depoimento, os militares disseram que após o embate – já algemado e “com a cabeça levantada” – o homem perdeu a consciência.

Massagem cardíaca, segundo os soldados, foi iniciada na hora. Eles relataram também que o Samu foi acionado, mas Ricardo Vilas Bôas não resistiu e teve a morte constatada no local.

Ainda conforme o relato dos PMs, o trabalhador rural que acompanhava o homem, no momento da abordagem, disse que ele estava há quatro dias sem dormir, frequentando festas. Os policiais disseram ainda que nada de ilícito foi encontrado com a dupla.

INVESTIGAÇÃO

O delegado responsável pelo expediente no Plantão Policial esteve no local. A Polícia Civil registrou o caso como ocorrência não criminal, de “morte suspeita – sem causa aparente”. O corpo foi encaminhado para exame necroscópico no Instituto Médico Legal (IML).

Inquérito poderá ouvir testemunhas, além das relacionadas no Boletim de Ocorrência. O caso será investigado pela Delegacia da Polícia Civil de Oscar Bressane.

O corpo de Ricardo Vilas Bôas foi enterrado no Cemitério Municipal de Oscar Bressane.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sem foto
Sobre o município
Ver notícias
Garça, SP
28°
Parcialmente nublado

Mín. 15° Máx. 30°

27° Sensação
2.01km/h Vento
34% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h46 Nascer do sol
05h44 Pôr do sol
Qua 31° 16°
Qui 32° 15°
Sex 24° 17°
Sáb 18° 12°
Dom 16° 12°
Atualizado às 17h03
Publicidade