Sábado, 31 de Julho de 2021
(14) 98155-9897
Saúde PANDEMIA

Covid: Garça não recebeu vacinas vencidas

A afirmação foi feita em nota oficial divulgada no início da noite desta sexta-feira. Os esclarecimentos foram apresentados após reportagens que apontam a utilização de imunizantes fora da validade em 1.532 cidades do país, dentre elas Garça.

03/07/2021 04h04 Atualizada há 4 semanas
Por: Francisco Alves Neto Fonte: Da Secom
Covid: Garça não recebeu vacinas vencidas

A Prefeitura de Garça, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, informa que não foram aplicadas vacinas vencidas em nenhum munícipe de Garça. A afirmação foi feita em nota oficial divulgada no início da noite desta sexta-feira. Os esclarecimentos foram apresentados após a grande imprensa noticiar reportagens que apontam a utilização de imunizantes fora da validade em 1.532 cidades do país, dentre elas Garça. 

A matéria de repercussão nacional apontou lotes de vacinas como tendo sido utilizados em cinco unidades de saúde de Garça e aplicadas em seis pessoas, mas a prefeitura nega o ocorrido. Os demais municípios do país também negam ter aplicado vacina vencida. O mais provável é que tenha havido erros nos registros, especialmente nas primeiras etapas da campanha de vacinação em massa, quando as anotações eram feitas manualmente em fichas de papel e posteriormente digitadas. 

“Ao verificar o acontecido, notou-se que nas seis notificações apontadas, foram detectados erros de digitação na identificação do lote. Imediatamente a Secretaria entrou em contato com as pessoas para tranquilizá-las e informá-las sobre o erro. Também já houve a correção no sistema”, explica a nota da Prefeitura de Garça.

A Secretaria afirma ainda que, o recebimento das doses, assim como, o controle de validade e a logística de aplicação das doses são concentrados em um único setor, a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde, que faz um rigoroso controle, principalmente, no que diz respeito à verificação de lotes e datas de validade. As unidades de saúde não recebem vacinas sem antes passar pelo controle do setor da Vigilância Epidemiológica.

A Secretaria da Saúde solicita que a população tenha muita tranquilidade, pois reforça a informação de que o município não recebeu doses vencidas de nenhuma das vacinas contra a Covid-19. Se algum munícipe ainda tiver dúvidas, poderá entrar em contato com a Secretaria de Saúde, pelo telefone 3737-1919, durante o horário de expediente da Prefeitura.

VALIDADE

Por nota, o Ministério da Saúde informou “que acompanha rigorosamente todos os prazos de validade das vacinas Covid-19 recebidas e distribuídas” e que “as doses entregues para as centrais estaduais devem ser imediatamente enviadas aos municípios pelas gestões estaduais. Cabe aos gestores locais do SUS o armazenamento correto, acompanhamento da validade dos frascos e aplicação das doses, seguindo à risca as orientações do Ministério.” 

A validade das vacinas contra Covid-19 depende da tecnologia e dos insumos utilizados no desenvolvimento do imunizante. Essas informações integram os dados analisados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para regulação dos imunizantes utilizados no país. A AstraZeneca e a Pfizer duram até seis meses. A Janssen, com validade original definida em três meses, agora pode ficar armazenada por até quatro meses e meio. A Coronavac tem duração de um ano —o primeiro lote dessa vacina utilizado no Brasil venceria somente em novembro.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.