Terça, 15 de Junho de 2021
14981559897
Geral PANDEMIA

Creche Maria Leonor chora morte de educador

O educador Juliano Rodrigues, que dava aulas na escola, é mais uma vítima da Covid-19.

04/06/2021 15h41
Por: Francisco Alves Neto Fonte: Marília Notícias
Juliano era casado e deixou um filho
Juliano era casado e deixou um filho

A comunidade de Garça e Vera Cruz, sobretudo os educadores, estão consternados nesta sexta-feira, com a morte prematura do professor e músico Juliano Rodrigues, mais uma vítima da pandemia. O caso grave de Covid provocou mobilização em redes sociais e pedidos de oração pelo professor após sua internação. No entanto, ele não resistiu. Sua partida provocou série de homenagens em Vera Cruz, onde nasceu e cresceu, e Garça, onde atuava com educação seguindo uma vocação da família.

Juliano era também músico, coordenador do coral da Igreja Católica de Vera Cruz, e de programas de atendimento social com música, como do Instituto Maria Leonor, de Garça, que atende quase 200 crianças. Trabalhou no serviço de saúde de Vera Cruz, foi secretário de escolas municipais e após sua formação em pedagogia passou a dar aulas na rede pública em Garça. Filho dos educadores Genildo e Cristina Rodrigues, também profissionais com longa carreira na área, era casado com a professor Jaqueline Ribeiro, que atua em Vera Cruz, e pai de Arthur. “É com muita dor, desolados e com um sentimento de perda imensurável que nós do Centro de Convivência Maria Leonor, agradecemos ao nosso amigo, professor, músico, companheiro, exemplo de pai, um ser humano ímpar e que jamais, jamais será esquecido. Ju, descansa amado. Você foi um grande homem..Deus nos abrace...”, postou o Centro Maria Leonor.

“É muito triste receber a notícia de sua partida, principalmente, para nós que tivemos a oportunidade de trabalhar contigo e acompanhamos algumas de suas vitórias profissionais e de vida, com a família linda que construiu e a qual se dedicou com amor”, postou a educadora Gisele Gelmi, supervisora na rede estadual. “Mais triste ainda, mas também revoltante, é saber que já existe vacina para este mal que te levou de nós e dos seus.”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.