Terça, 02 de Março de 2021
14981559897
Geral PANDEMIA

Covid mata senhora de 90 anos em Garça

Número de mortos nos primeiros dias de 2021 quase supera o total registrado em todo o ano passado

22/02/2021 17h18
1.105
Por: Francisco Alves Neto Fonte: Da redação
Covid mata senhora de 90 anos em Garça

Nesta segunda-feira, com mais um óbito por Covid-19 foi confirmado em Garça. A vítima é paciente de 90 anos, que estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o dia 21 de janeiro. O óbito foi confirmado às 10h30 da manhã desta segunda-feira, dia 22. Com isso, a cidade alcançou a triste marca de 44 munícipes que perderam a vida desde o início da pandemia.

O que chama a atenção é que quase metade dessas mortes aconteceram apenas nos primeiros 53 dias deste ano, período que a cidade vem registrando uma aceleração assombrosa no número de casos. O município iniciou 2021 com 24 óbitos, que foi o total registrado nos primeiros nove meses da pandemia. No entanto, em menos de dois meses deste ano, a Secretaria Municipal de Saúde já contabiliza mais 20 falecimentos, um aumento superior a 90%.

O mesmo ocorre com o número de pessoas infectadas. Foram confirmados 1203 casos da doença só nesses 50 dias do ano, o que representa um aumento um aumento de 123%, já que janeiro começou com 978 casos. Isso significa que em menos de dois meses o município já superou o número de contaminados registrados entre marco e dezembro. A média mensal em 2020 foi de 97 casos.

Somente nos primeiros 30 dias de janeiro a cidade registrou 845 casos novas infecções pelo coronavírus. Especialistas são praticamente unânimes em afirmar que as festas de final de ano implicaram no avanço insustentável do novo coronavírus no Estado, mesmo com a vigência de regras equivalentes à fase vermelha durante alguns dias entre o Natal e o Ano Novo.

Outro dado alarmante se refere ao número de garcenses infectados e em fase de transmissão da doença. O mais recente boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde revela que até esta sexta-feira, dia 19, Garça tinha 915 pessoas isoladas por conta da contaminação com o vírus. No dia primeiro de janeiro, eram apenas 198 garcenses nesta situação.

Apesar dos números alarmantes, houve queda nas internações nos últimos dias. Os sete leitos clínicos para a Covid-19 do Hospital São Lucas, que estavam ocupados em janeiro e início de fevereiro, continuam vagos. O mesmo ocorre com a UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Dos seis leitos de Covid-19 adulto disponíveis em Garça, dois estão ocupados. Ao todo seis garcenses estão internados em UTIs.