Terça, 02 de Março de 2021
14981559897
Polícia CRIME

Perícia mostra que Fabrício mentiu em depoimento e aponta violência em mortes

Laudos mostram que Cristiane foi morta com dois golpes de arma branca e Karoline sofreu uma pancada forte na cabeça. Adolescente e Fabrício serão ouvidos novamente.

18/02/2021 17h21
584
Por: Da Redação Fonte: Garça em Foco
Perícia mostra que Fabrício mentiu em depoimento e aponta violência em mortes

Os laudos da perícia requisitada pela Polícia Civil desmentem o depoimento do psicólogo Fabrício Buim Arena Belinato, de 36 anos, preso pela morte da esposa Cristiane Arena, 34, e da enteada Karoline, de apenas 9 anos em um crime em Pompeia que chocou toda a região e o interior do estado.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Cláudio Anunciato Filho, os relatórios médicos e os laudos da perícia mostram que Cristiane morreu em razão de dois golpes de arma branca, possivelmente uma faca, que geraram uma hemorragia fatal nos pulmões. A causa da morte de Karoline foi traumatismo craniano devido a uma pancada forte na cabeça.

“Nós vamos no presídio interrogar ele (Fabrício) de novo quanto a essa questão. A outra é a quantidade de golpes, ele alega que foi um só na Cristiane, e na verdade foram dois golpes de faca”, explicou o delegado.

“Tem uma machadinha apreendida que vamos ver se foi a arma utilizada para dar a pancada na cabeça da criança. A faca está difícil de achar, ele diz que deixou lá, mas não estamos encontrando”, disse o delegado.

Anunciato explicou também que a adolescente de 16 anos, filha de Cristiane e irmã de Karoline, que é suspeita de participação no crime e de ser amante do padrasto, mantém o silêncio. Contudo, uma nova audiência será feita com ela na Fundação Casa, onde está detida.

Veja como o Garça em Foco acompanhou e noticiou o caso e entenda: