Domingo, 07 de Março de 2021
14981559897
Geral POLICIAL

Tentativa de homicídio: comerciante é preso após atingir artéria do pescoço de cliente com canivete

Ferido com gravidade, vítima foi socorrida na UPA e depois encaminhada para Marília.

09/02/2021 12h19 Atualizada há 4 semanas
3.183
Por: Francisco Alves Neto Fonte: Da redação
Tentativa de homicídio: comerciante é preso após atingir artéria do pescoço de cliente com canivete

No final da tarde desta segunda-feira (08), a Polícia Militar de Garça atendeu uma ocorrência de tentativa de homicídio no centro da cidade, que resultou na prisão do comerciante C.N.L, 37 anos, morador no jardim Ecoville. Ele foi autuado em flagrante após dar um golpe de canivete pescoço de um cliente com quem teve um desentendimento dentro de sua loja, localizada no Garça Plaza Shopping.

A vítima é R.F.C, que foi socorrido pelo SAMU até a Unidade de Pronto Atendimento. No local, os médicos verificaram que o ferimento era de extrema gravidade, uma vez que o golpe atingiu uma das artérias do pescoço. Diante do quadro preocupante e o risco de vida, o paciente foi encaminhado imediatamente para Marília, onde permanece internado. Não há informações sobre seu atual estado de saúde. Por conta da gravidade da lesão, o autor acabou sendo preso por tentativa de homicídio.  

O fato aconteceu por volta das 17h15, horário que os policiais foram acionados e detiveram o autor ainda no local. Levado à Delegacia do Município, o comerciante foi interrogado e passou sua versão para o desentendimento que resultou no crime. C.N.L relatou que há cerca de um mês vendeu um celular para a tia da vítima, e como o aparelho apresentou defeito, o rapaz o procurou indagando sobre a garantia, e deixou o celular para ser consertado.

Segundo o comerciante, ao abrir o aparelho constatou que a causa do problema é que o celular estava molhando, e por isso, cobrou R$ 100,00 pela manutenção. A vítima não gostou, e esse teria sido o motivo da discussão e a briga. O autor alega que durante o entrevero, o cliente deu a entender de que estava armado e aplicou-se uma chave de braço. O acusado diz que para se defender, pegou um canivete que estava em cima do balcão e desferiu um golpe no pescoço de seu agressor.

Quando os policiais chegaram, a vítima estava ainda estava no local, e logo chegou a equipe do SAMU que fez sua remoção para a UPA. Posteriormente a polícia foi informada pela médica plantonista que o ferimento era grave e que havia atingindo uma artéria. Diante dos fatos, o comerciante C.N.L foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio, e encontra-se preso à disposição da Justiça.